27/01/2011

PROPOSTAS COM MASSINHA DE MODELAR NA ESCOLA

A brincadeira com massinha de modelar é uma excelente atividade para as crianças.


    Ela permite aguçar os sentidos como o tato e o olfato. Através desta brincadeira é possível descobrir novas formas, cores, combinações, possibilidades, diferentes texturas e movimentos. A modelagem também possibilita o desenvolvimento da coordenação motora fina, da criatividade e da observação. A criança ao brincar de massinha geralmente se comunica, pergunta, imagina, formula hipóteses, testa suas idéias, busca aperfeiçoar suas criações.
   
    Também se expressa e desenvolve a imaginação criadora; estabelece relações indo além da sua realidade imediata, ou seja, cria jogos simbólicos onde a massinha passa a ser um bolo, um sorvete, um carrinho, uma pessoa, etc. o que logo faz acontecer uma festa, uma corrida, um convite para almoçar.
artista: Luna

    Também através da massinha as crianças podem experimentar criações tridimensionais, percebendo volumes, formas, profundidade: que são conceitos e conteúdos presentes tanto na Arte quanto na Matemática. A escola, muitas vezes, explora largamente o trabalho com elementos bidimensionais: o desenho, o livro, a pintura, etc. e ignora o trabalho com elementos tridimensionais.

    Considerando os três aspectos propostos pelo Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil na    área das Artes:

• o fazer artístico-

• a apreciação-

• a reflexão-

    Podemos levantar algumas propostas com a brincadeira de massinha e percebê-la como elemento essencial ao desenvolvimento das crianças. Com isso, devemos conceber a esta brincadeira um olhar mais focado e crítico na escola. Pensemos então, algumas formas de enriquecer esta atividade.

Algumas sugestões:

FAZER ARTÍSTICO: neste caso, a brincadeira com a massinha.

    Esta brincadeira pode se da através da exploração livre pelas crianças da massinha;

OBS: Podemos enriquecer esta brincadeira com forminhas, palitos, tesouras (sem ponta) e inclusive, utensílios de cozinha como espremedor de alho, laranja ou batata, além de brinquedos que possibilitem enriquecer a brincadeira como panelinhas, copinhos, pratinhos, etc.

    Para que explorem diferentes texturas, ofereça ou convide-as a pesquisar objetos que podem deixar marcas como pente, régua, alguns brinquedos, etc.

    Este material pode ser oferecido às crianças gradativamente, para que possam explorá-los e experimentá-los criando novas possibilidades de brincadeiras e posteriormente podem ser oferecido ao mesmo tempo.

    Também podem ser propostas atividades cuja modelagem possui uma temática como criarem bichos para um zoológico, ilustrarem uma história, etc. ou também propostas nas quais as crianças criem quadros com massinha. Exemplo: Utilize um papel grosso como papelão ou cartolina. Faça os diferentes desenhos com massinha e coloque-os sobre o papel pressionando um pouco para que possam grudar. Depois passe uma camada grossa de cola por cima de todo o quadro (inclusive nas imagens feitas com massinha).

APRECIAÇÃO

    Após a modelagem é possível apreciar as produções feitas pelo grupo.

    No decorrer da brincadeira a professora, moderadamente para não atrapalhar a brincadeira, também pode ir chamando atenção do grupo para algumas produções das crianças, o que ampliará o repertório de toda a turma.

    Algumas obras de literatura infantil são ilustradas com modelagem. É o caso dos livros ilustrados pela artista Luna, ilustradora da história “Como é bonito o pé do Igor”, “Cadê Clarisse”, “Lá vai o Rui”. No blog da autora é possível ver várias obras feitas por ela. Chame atenção das crianças para os recursos utilizados pela artista: cores, formas, combinações, texturas, etc.


O artista Davi Viegas também trabalha com modelagem de massinha. Conhelça seu blog!

    Alguns filmes e desenhos também foram criados com o recurso da modelagem, como por exemplo: Pingu; A fuga das galinhas; Bob, o construtor.



REFLEXÃO:

    Questione e proponha ao grupo refletir sobre as produções que foram vistas: tanto as suas, como as dos colegas, como as obras (filme, livro, tela, etc.) Imaginem o movimento que o artista fez para conseguir criar uma bolinha, uma “minhoquinha” ou outra forma. Imaginem o recurso que usou para sustentar os objetos.

    No caso dos filmes lembre que há geralmente o recurso do computador envolvido e alguns filmes como a fuga da galinha há nos EXTRAS inclusive cenas dos artistas criando algumas imagens.

    Questione se conhecem outros materiais com os quais é possível modelar, se conhecem alguém que modela. Mostre-lhes em outros momentos algumas imagens ou mesmo esculturas para que conheçam esta linguagem e experimentem alguns materiais.

    Pergunte e pesquisem se não há no bairro, rua ou cidade alguma escultura nas ruas e praças, pesquisem a sua história.

    Conte-lhes algumas histórias sobre esculturas e/ou seus artistas para aguçar a curiosidade e o interesse das crianças pelo tema.




JÁ PENSOU EM FAZER MASSINHA COM AS CRIANÇAS?

RECEITA DE MASSINHA DE MODELAR:

Como fazer massinha de modelar

Em uma vasilha coloque:

4 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de sal

1 colher de sopa de óleo

1 xícara e meia de água

Anilina comestível ou pó para suco principalmente aqueles bem baratinhos com cores fortes e vibrantes como os sabores de uva, morango, etc. Também é possível utilizar tinta guache para colorir a massinha.



    Como fazer:

    Misture primeiramente os ingredientes secos e mexa. Em seguida acrescente os outros ingredientes e a água vá colocando aos poucos.

    Amasse bem (peça ajuda da garotada nesta etapa) até obter uma massa homogênea (se necessário, acrescente um pouco mais de água.

    Quando a massa estiver desgrudando das mãos e do fundo da vasilha é sinal de que está pronta para a brincadeira.



Um comentário:

IONE BARROS disse...

QUE LEGAL ADOREI,ESSA IDÉIA E RECEITA...PARABÉNS,