2 de mar de 2011

Carnaval na escola! Ótima oportunidade para refletir sobre a história e nossa cultura popular.

Carnaval na escola!
Ótima oportunidade de refletir sobre a história e nossa cultura popular.


    Este foi um trabalho produzido pela equipe da Escola Municipal Tereza Pinheiro de Ameida do Município de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Parabéns aos alunos e a todos os profissionais envolvidos neste belo trabalho!
   
   Um aspecto  muito interessante  é que ele reúne a cultura popular (o Samba) e permite resgatar uma série de elementos como a história e refletir sobre o modo "romântico" como esta nos foi recontada.
   Permite a alunos e professores a refletirem sobre o protagonismo das comunidades locais (escolas de samba, comunidades de bairro, revoltas populares, etc.). Também possibilita a reflexão sobre a história em relação ao modo como aparece muitas vezes recontadas em livros escolares.

Pra Isabel, a heroína
Que assinou a lei divina
Negro, dançou, comemorou o fim da sina
Na noite quinze reluzente
Com a bravura, finalmente
O marechal que proclamou
Foi presidente!
   

   Permite que através da pesquisa, do debate, da reflexão, da construção coletiva que se redescubra uma história diferente, na qual a população é vista como protagonista e na qual reis, rainhas, marechal, etc. não sejam vistos como deuses.
  •  Isabela heroina? A assinatura foi por vontade própria ou serviu a outros interesses ?
  • A quanto tempo o tráfico já havia sido proibido no mundo?
  • Negro, dançou, comemorou o fim da sina? Fim?
  • Quais foram/são as consequências históricas desta parte da história?
  • A imigração floriu de cultura o Brasil. Porque houve incentivo a imigração? Não havia cultura antes no Brasil? Quais foram as diferentes contribuições de cada povo em nossa cultura?
  • Na noite quinze reluzente. Com a bravura, finalmente. O marechal que proclamou foi presidente.
  • A proclamação serviu a quais interesses? Houve luta no momento da proclamação? Contra quem?
   Precisamos ajudar nossos educandos a  refletirem e olharem criticamente para a nossa e para a própria história. Vale lembrar que isso não significa questionar o valor e mérito da bela obra popular que é este lindo samba enredo!


Liberdade, liberdade abre as asas sobre nós

Composição: Niltinho Tristeza, Preto Jóia, Vicentinho e Juarandir


Vem ver, vem reviver comigo amor

O centenário em poesia

Nesta pátria, mãe querida

O império decadente, muito rico, incoerente

Era fidalguia

Surgem os tamborins, vem emoção

A bateria vem no pique da canção

E a nobreza enfeita o luxo do salão

Vem viver o sonho que sonhei

Ao longe faz-se ouvir

Tem verde e branco por aí

Brilhando na Sapucaí

Da guerra nunca mais

Esqueceremos do patrono, o duque imortal

A imigração floriu de cultura o Brasil

A música encanta e o povo canta assim

Pra Isabel, a heroína

Que assinou a lei divina

Negro, dançou, comemorou o fim da sina

Na noite quinze reluzente

Com a bravura, finalmente

O marechal que proclamou

Foi presidente



Liberdade, liberdade!

Abra as asas sobre nós

E que a voz da igualdade

Seja sempre a nossa voz






CARNAVAL É CULTURA !

Vamos trazer a cultura popular para escola valorizando nossos grandes mestres do samba!
Solicitar às crianças e jovens que pesquisem sobre suas vidas e suas obras para um sarau ou roda de samba na escola, seria um ótimo começo!
Conheça alguns deles:



  • Cartola
Mais informações em:  


Noel Rosa
Ficheiro:NoelRosa.gif
  • Nelson Cavaquinho:
Mais informações em:  


Dona Ivone Lara




Braguinha 
Mais informações em:  
  • Lamartine Babo


Zé Kéti


Batatinha (Oscar da Penha)


Dona Zica



Ataufo Alves



Ari Barroso
Haroldo Lobo


Ciro Monteiro



entre muitos outros....

Quer sugerir um artista? Comente esta postagem!

5 comentários:

Irene Izilda disse...

muito bom

Irene Izilda disse...

instigante

Janaína Martins disse...

Ótima reflexão acerca do tema Carnaval, o samba escolhido traz nossa história em seu enredo, achei bacana a proposta de apreciar a letra, o samba e depois refletir criticamente sobre a versão da história que foi contada, afinal como diz Achimamanda Adichie, este é o risco de uma única história.

Doselene Barreto disse...

Gilmara!

Seu blog é um espaço interessante para pesquisa,tem informações e variedade.Adorei.

Andrea Katiane disse...

Olá Gilmara!
O seu Blog é muito rico em informações que possibilitam além de conhecimentos, possíveis intervenções no trabalho do professor em sala de aula, mostrando a Arte de forma contextualizada e lúdica.
Parabéns!